Ventos de Bela Oyá



Que na nova manhã quem sabe, o vento de Iansã venha me acariciar em doces lembranças, e neste toque, me incentive a continuar.
6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo