EVANGELHO NO LAR

Evangelho no Lar

Sentemo-nos em uma posição confortável e deixemos as mãos espalmadas para cima sobre a mesa coberta por uma toalha branca. Ocupemos as cadeiras de forma linear; onde ladeadamente permaneçamos com as mãos próximas umas das outras. No Evangelho no Lar não deve haver manifestação mediúnica, apenas conexão com os planos superiores para que deles, possamos obter nossos préstimos de socorro e auxilio ao nosso lar e àqueles que neles residem. O Evangelho no Lar não é uma atividade de Centro Espirita o qual é preparado para o transito e auxílio à espíritos e assistidos de todas as ordens, e sim, de fortalecimento entre o encarnado residente no lar e as estruturas espirituais superiores para orarmos. Coloque um pano branco sobre a mesa, uma garrafa de água para ser fluidificada e uma vela pequena branca. Esteja de roupa branca ou em tom pastel e certifique-se que os pés estejam espalmados no chão, ou seja, não podem estar cruzados para que haja o bom fluxo das energias que percorrerá entre o coronário e a base dos pés. O evangelho deverá ser feito preferencialmente no mesmo dia e horário da semana. 

Abertura

Elevemos nossos pensamentos e evoquemos a presença amorosa de: Deus - Jesus - Paulo de Tarso - a Ricardo Coração de Leão - a Meimei - Anália Franco - Eurípedes Barsanulfo - A Bezerra de Menezes e a corrente de Médicos do Espaço - a Corrente Militar de Cavalaria - Corrente dos Avogados - aos Beneméritos Guardiões Espirituais dos Planos Superiores - as Legionárias de Maria - Corrente de San Germant - São Miguel Arcanjo - aos Socorristas do Espaço - aos nossos Orixás - as 7 Linhas da Umbanda - Ao Senhor Tupinambá e a plêiade de Espíritos da Seara de Luz; e unidos no amor maior que possamos todos juntos orarmos a oração de Pai Nosso que Jesus nos ensinou:

 

Pai nosso que estais no céu, santificado seja o teu nome, venha a nós o teu reino e seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu. O pão nosso de cada dia dai-nos hoje, perdoa as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores, e não nos deixes cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Porque teus são o reino, o poder e a glória, para sempre. Assim seja. 

 

Aos veneráveis mensageiros celestes auxiliares de Jesus, cê conosco neste evangelho, colocando sobre nossos ombros cordão de prata que nos envolve e protege durante nossas orações. Pedimos também a Brogotá e Itaporã, a corrente de Ogum e caboclos, dissiparem do mais alto tela fluídica e magnética sobre nosso lar, e que estes veneráveis amigos com seu fogo depurador possa percorrer todos os cômodos (quartos, salas, cozinhas, banheiros, etc...) eliminando plasmas e miasmas de pensamentos negativos e densos que possam contribuir ao desequilíbrio. E assim unidos no amor maior e celestial de Jesus, governador do planeta terra, que possamos dar início a leitura e condução de nossos estudos e Evangelho do Lar. 

 

  • Ler um capitulo do Evangelho Segundo o Espiritismo de Alan Kardec - Comentar com equilíbrio e sem conflitos e desarmonias

  • Ler uma leitura complementar (podendo ser um outro livro da obra de Alan Kardec, uma questão do Livro dos Espíritos, um capítulo do livro "Fonte Viva", "Caminho, Verdade e Vida", "Pão Nosso"; "Vinha de Luz", todos de Francisco C. Xavier ou algum outro de sua preferência.

  • Ler uma poesia ou um verso de amigos espirituais, como por exemplo "Eurípedes Formiga" por intermédio de "Calos Basellis". 

  • Possamos no momento adequado antes - durante ou depois dos estudos conduzir o passe falado ou virtual. 

  • Ao término solicitar que todos serenizem o corpo através de uma respiração profunda e assim irem novamente mentalizando os beneméritos amigos espirituais para o fechamento dos trabalhos de Evangelho da noite.  

Encerramento

Elevemos nossos pensamentos agora em sinal de agradecimento e despedida à: Deus - Jesus - Paulo de Tarso - a Ricardo Coração de Leão - a Meimei - Anália Franco - Eurípedes Barsanulfo - A Bezerra de Menezes e a corrente de Médicos do Espaço - a Corrente Militar de Cavalaria - Corrente dos Advogados - aos Beneméritos Guardiões Espirituais dos Planos Superiores - as Legionárias de Maria - Corrente de San Germant - São Miguel Arcanjo - aos Socorristas do Espaço - aos nossos Orixás - as 7 Linhas da Umbanda - Ao Senhor Tupinambá e a plêiade de Espíritos da Seara de Luz, e unidos no amor maior que possamos todos juntos permanecemos vigilantes e se policiando por toda a semana até nosso próximo encontro de amor junto ao Pai Maior - Nosso Criador. 

 

Agradecemos também aos veneráveis mensageiros celestes auxiliares de Jesus; cê conosco sempre, em todos os momentos de nossa vida, ao mesmo tempo que retira de nossos ombros o cordão de prata que nos envolveu e protegeu durante nossas orações. Agradecemos a Brogotá e Itaporã, a corrente de Ogum e Caboclos que dissiparam do mais alto a tela fluídica e magnética sobre nosso lar e que depuraram as forças do mal que tentavam dominar o mundo transmutando-as em luz de sabedoria de San Germant e Nanã Buruquê.

 

E assim, unidos no amor maior e celestial de Jesus; governador do planeta terra. Que Deus possa proteger os quatro cantos de nosso planeta azul, iluminar para o amor maior todos os governantes deste planeta e, embevecidos ainda no amor, que os planos maiores possam estar junto aos que andam em carmas degradantes pelas ruas, abandonados e órfãos, aqueles que por alguma ordem ainda sofrem no fogo selvagem, com dores e enfermidades no descaso dos hospitais.

Que possamos também olhar por nosso(s) irmão(s).......... (Citar as pessoas, a causa da súplica e o local), que nos solicita oração e préstimos de socorro. Olhai por ele(a), por nossa casa espiritual Seara de Luz Tupinambá, por nosso dirigente maior Roger Lima, para que tenha forças e proteção maior, para nos manter unidos no amor de Jesus. Cê conosco hoje e sempre, a corrente Médica do Espaço e Ossãe, que possam fluir nesta água todas as propriedade curadoras vindas do mais elevado plano de amor, e assim, através do pai nosso, damos por encerrado os trabalhos de oração e evangelho do lar desta noite.  

 

Pai nosso que estais no céu, santificado seja o teu nome, venha a nós o teu reino e seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu. O pão nosso de cada dia dai-nos hoje, perdoa as nossas dívidas assim como nós perdoamos aos nossos devedores, e não nos deixes cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Porque Teus são o Reino, o poder e a Glória, para Sempre. Assim seja. Amém.