Sobre o Dirigente

Seara de Luz Tupinambá foi fundada juridicamente e, portanto, legalmente em 05 de Outubro de 2005, pelo médium Roger Lima, sua base religiosa tem a crença em um único DEUS de características universais e sob a luz da ciência. O dirigente tem sua biografia de vida dedicada ao auxílio ao próximo, através de trabalhos ligados a ações sociais e iniciou suas primeiras atividades na década de 1980 no berço da família.​

Formação Acadêmica

Roger Lima é formado em Ciências Humanas, Bacharel em Psicologia, pós-graduado em Gestão Educacional; possui cursos em TVP – Terapia de Vidas Passadas e RM – Regressão de Memória; Watsu Terapia (Técnicas de relaxamento em água aquecida);

Sobre o Dirigente

desenvolveu sobre esta técnica a indução à regressão de memória por meio dos movimento corporais. É influente à escrita, composições e pública pensamentos com o objetivo de criar uma reflexão de auto ajuda nas redes sociais e através do Diário de Luz e sobre a Filosofia Africana no Diário de Umbanda Afro - SLT.  

Quando menino desenvolveu o interesse pela Igreja Católica e frequentou na adolescência a paróquia Nossa Senhora do Líbano-SP (Brasil) e nela, participou como trabalhador nos cursos de vocação Cristã; mais tarde, por conta das fenomenologias de ordem espírita, passou a estudar e a participar da doutrina Espírita e da Umbanda além de estudar as relações da religião com a ciência. 

Influência religiosa e filosófica

  • Igreja Católica Apostólica e Romana

  • Seara Bendita - Centro Espírita e Kardecista

  • Umbanda de Pai Tajubim - Campinas - SP 

  • Templo Guaracy do Brasil 

  • Escola de Sathya Sai Baba

  • Escola Filosóficas dos Pensadores

  • Física Newtoniana, Quântica e de Einstein

  • Escola Cabalística

  • Outras

Pensamentos para reflexão
 
Amor

A cada dia percebo que a dedicação pelo próximo vai avançando intensamente em mim ao mesmo tempo em que os desejos da materialidade do mundo vão perdendo espaço em meu ser; um desprendimento necessário, creio eu, que um dia todos terão que planejar e passar para que a transformação da alma caminhe em direção da luz plena do criador.

O tempo

A vida passa por cada um de nós rapidamente e quando menos percebemos, a ampulheta do tempo já sinaliza as rugas e as cicatrizes das experiências vividas em solo cristalizado da terra e de seus valores.

Aprendizado

 
Aprender a andar com a alma liberta, saber que não morreremos para nunca mais, ou seja, que apenas passaremos pela morte FÍSICA DO CORPO, sensação de teor único e, que encontraremos na máxima de que do pó ao pó voltaremos; é um legado excitante do espírito; afinal a vida seria contínua, seja em qual RELIGIÃO seja; e, para minha humilde forma de pensar; uma mágica tendendo ao infinito do criador.

A terra


A terra é o nosso grande laboratório, evoluímos do celular para a matéria e dessa para a Consciência de Luz do CRIADOR e este grande berço, nosso mundo relativo e cristalizado, iremos sentir todos os tipos de experiência que a nossa consciência racional possa assimilar e aprender; afinal a terra é o grande laboratório para propiciar a evolução e não uma colônia de férias.

A saudade

A saudade existirá na dimensão humana e temos um grande legado: o de não aprendermos a sofrer. O universo é por si só transformador; nada terá fim ou deixará de existir; pelo menos não, ao nível atômico e molecular, tudo se reintegra no universo.

A questão maior é que aqueles que ficam sentirão, em algum nível, saudade dos que se foram ou dos que viveram e, neste campo, o que nos cabe é perceber que todo ciclo cumprido deixar-nos-á saudade. É muito bom termos a certeza de que pelo caminho da fé consciente e engajada em uma existência vivida dentro dos valores da humanização e da Espiritualidade Divina, toda saudade será transitória. Até porque depois dos ciclos vividos virão novos e outros ciclos, seguindo assim, o processo de amadurecimento evolutivo das cousas.

Religiosidade

Muito mais que buscar uma religião que nos cega, penso que seria de fundamental importância que a maioria dos espíritos terrenos pudesse buscar e praticar os VALORES HUMANOS o qual nos constrói a unidade, a igualdade e AMOR universal, ou seja, valores que são à base do evangelho de Jesus, um evangelho que andou no mundo ensinando o valor do amor e, neste balé; vamos somando as experiências e através delas evoluindo-nos nas psicosfera do pensar, das emoções, dos valores espirituais e assim, aprendendo a controlar os nossos instintos mais desequilibrantes.

Nossa conduta deve ser de amar, amar e amar, mas não com o amor atribuído a posse sobre os instintos das paixões e sim o amar que integra e que gera a paz, a igualdade e, que acima de tudo, evolui o espírito para o desprendimento e verdades. Desejo que possamos praticar um amor cada vez maior e que assim, possamos policiarmo-nos e vigiarmo-nos para não nos perdermos na transitoriedade egoísta, individualista e animalesca.

Acompanhe mais pensamentos e reflexões em nosso canal do Youtube: 

Seara de luz Tupinambá



 

Palavras do Babá