Tom de Saudade

Atualizado: 25 de out. de 2021



Tem dias que eu acordo desejando ser uma fagulhinha do que você é. Te olhei de longe tantas vezes com o pensamento de: "ele já entendeu tudo e está aqui pra nos ajudar a entender".


Daí seu desprendimento, daí seu entendimento de que seu reino não era nadinha desse mundo, daí sua função de luciferário do evangelho e zelador dos Orixás..


Percebo que mesmo sendo fagulha a pretensão é tamanha, porque você é grande... Mas me alegro quando timidamente percebo em mim coisas que só existem porque você existiu. Coisa boba mesmo como, escolher um tom de verde ou de magenta por representar Ossãe e Obá.. E não esquecer do laranja pra lembrar dos boiadeiros... Ou cantar com a boca fechada num final de frase no tom agudo, pra trazer na voz a vibração de ondina...


Pois é, te encontro nessas coisas em mim e penso que te encontrarei em muitas e tantas outras diariamente. Quem passou por você, não passou sem ser impactado e eu realmente agradeço todo santo dia por isso, pois não me vejo sem os detalhes que você esculpiu.


Te encontro no fundo escuro desse céu da noite, porque você sabia como ninguém, preferir ser o que ninguém vê e justamente por isso, ter tamanha proporção...


Minha canção de hoje tem um tom de saudade e minha escrivaninha já tem se acostumado com o tema..


Que sentado em Siena, na companhia de Salú e Renoir, vocês conversem sobre a renascença e a nossa vida Severina por aqui... E que num rastro de beija flor, mandem lembranças..


Bonne Nuit, meu querido Cyrano.. meu amado Pai.


Médium Thais Almeida - 2021

 

Espaço destinado com carinho a pensamentos, momentos, histórias e filosofias traduzidas pelo olhar dos médiuns da Seara de Luz Tupinambá. Cada um com sua alma, seu gesto, seu elemento e Orixá. Todos com a mesma semente plantada pela luz de Pai Roger Lima e Caboclo Tupinambá.


24 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo